Influência do estresse termico em fêmeas bovinas


Estresse térmico(ET) pode ser definido como forças externas para um animal
homeotérmico que age alterando a temperatura corporal do status fisiológico.
As altas temperaturas ambiente, umidade relativa e a energia radiante comprometem a habilidade de vacas lactantes em dissipar calor e em conjunto com o calor metabólico dificulta a manutenção da temperatura corporal. Com a elevação da temperatura corporal inicia-se um mecanismo compensatório e adaptativo para restabelecimento da homeotermia e homeostasia.
O impacto da temperatura ambiente na função animal tem sido relatada desde a
antigüidade por Hipócrites no 5 o século A.C acreditando que os bovinos da região do Near
East eram mais prolíferos que European por causa do clima (Hansen & Aréchiga. 1999). O
primeiro relato de (ET) alterando a fertilidade foi em 1940 por Erb. O impacto do (ET) tem
distribuição mundial, como por exemplo algumas regiões dos EUA, regiões subtropicais e
tropicais, as quais estão sujeitas a altas temperaturas e umidade.
A intensidade do estresse pode aumentar se a temperatura global continuar aumentando. Mudanças genéticas, fisiológicas nos animais de produção para aumentar o rendimento, alteram a capacidade de regular a temperatura corporal. Vacas em lactação são mais afetadas do que as vacas secas, devido ao aumento da produção de calor metabólico. 
Seleção para produção de leite reduz a habilidade termorreguladora face ao (ET) e aumenta
a depressão na fertilidade.(Hansen & Aréchiga. 1999).
Em resposta ao ET os animais apresentam aumento da transpiração, freqüência
respiratória, diminuição do metabolismo (declínio na concentração plasmática dos
hormônios da tireóide e do crescimento), vasodilatação periférica, redução na ingestão de
matéria seca, nutrientes e alteração no metabolismo de água.
MORRISONet al. (2000) relataram que uma vaca leiteira começa a responder
fisiologicamente a elevação da temperatura ambiente quando esta atinge acima de 22°C, e a
performance reprodutiva acima de 32°C.